Facebook começa a testar mais opções para o botão curtir

Facebook começa a testar mais opções para o botão curtir

Facebook começa a testar mais opções para o botão curtir

Há algumas semanas, durante uma das várias sessões de perguntas e respostas que o Mark Zuckerberg realiza, ele acabou falando que o Facebook começaria a testar alternativas ao simples botão curtir em breve, para poder expressar mais do que apenas um simples “gostei”. E esses testes devem começar já esta semana, com o primeiro dos experimentos usando emoticons para expressar uma “reação” aos posts.

O site Engadget recebeu de uma fonte interna as primeiras screenshots de como o recurso deve funcionar. Ao clicar no botão de like, o usuário Facebook poderá escolher seis emoticons diferentes para expressar o sentimento, além do já tradicional “Curtir”. Pela captura de tela mostrada pelo site, as emoções representadas variam entre feliz, assustado, triste ou enraivecido.

O uso de emoticons no lugar de palavras para expressar sentimentos é uma ideia até interessante, pode evitar confusões com tradução. Mas o Facebook não disse ainda se a escolha de sentimentos diferentes vai influenciar no alcance dos posts ou se ele vai ter o mesmo peso que o “Curtir”.

Today we’re launching a pilot test of Reactions — a more expressive Like button. As you can see, it’s not a “dislike” button, though we hope it addresses the spirit of this request more broadly. We studied which comments and reactions are most commonly and universally expressed across Facebook, then worked to design an experience around them that was elegant and fun. Starting today Ireland and Spain can start loving, wow-ing, or expressing sympathy to posts on Facebook by hovering or long-pressing the Like button wherever they see it. We’ll use the feedback from this to improve the feature and hope to roll it out to everyone soon.

Posted by Chris Cox on Quinta, 8 de outubro de 2015

Como acontece em todos os testes, o Facebook vai disponibilizar o novo curtir” para um grupo pequeno de pessoas e no futuro, se der certo, expandir para o resto do mundo. Testes devem começar amanhã para usuários da Irlanda e Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.