Em qual rede social sua empresa deve estar presente? [Parte 1 de 2]

Em qual rede social sua empresa deve estar presente? [Parte 1 de 2]

Em qual rede social sua empresa deve estar presente? [Parte 1 de 2]

Com tantas redes sociais disponíveis atualmente, está cada vez mais difícil saber onde marcar presença e como conseguir entregar valor para o público. O objetivo desse post é oferecer algumas dicas que sua empresa deve levar em consideração ao se propor a fazer parte de alguma dessas redes.

Primeiramente, tenha clareza de que não é preciso ter uma presença ativa em todas as redes sociais que existem. Não é viável e nem saudável que isso aconteça. É muito importante, antes de decidir de qual rede sua empresa deve participar, conhecer os diferenciais de cada uma e qual o perfil do público frequentado por elas.

Um outro aspecto que deve ser considerado é de que forma a rede será utilizada. Dependendo das características, ela poderá ser  usada como plataforma para disseminar conteúdo ou como construção de audiência.

O Twitter, por exemplo, funciona como um ótimo canal de relacionamento direto entre a empresa e o cliente, enquanto no Facebook você consegue um alcance maior. Ambos são ótimos para construir audiência. O Google+, por sua vez, não é muito interessante para este fim, mas pode ser utilizado como plataforma, com objetivo de compartilhar conteúdo. Isso porque o número de usuários que interagem por lá ainda é baixo, mas é muito útil para SEO, já que o Google garante maior autoridade aos links compartilhados por meio dessa rede.

A importância de estar onde seu público está

Para começar seu processo de escolha das redes sociais onde sua empresa deve estar presente, é importante identificar onde seu público-alvo ideal está e de que forma sua empresa pode compartilhar conteúdo relevante com ele. Conversar com alguns clientes atuais e potenciais pode ser uma boa forma de descobrir o que eles estão usando no dia a dia.

Além disso, mesmo que sua empresa não vá atuar de forma ativa em todas elas, é importante criar os perfis nas redes para reservar o nome, evitando que apareçam páginas ou perfis com o nome de seu negócio.

Vale lembrar também que o sucesso de suas ações nas redes sociais escolhidas vai demandar muita dedicação, conteúdo de qualidade e publicação frequente. No entanto, a contrário do que acontece com Twitter e Facebook, no YouTube e no SlideShare não é preciso se preocupar tanto com a frequência de publicações. O ideal é focar nas redes que tenham mais relevância para manter uma presença mais constante por lá.

Utilizando bem as redes sociais é possível criar um ativo de marketing importante, com audiência qualificada e alcance a clientes em potencial e – melhor – com baixo investimento.